Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Secretaria de

Desenvolvimento Rural

Início do conteúdo

Programa de Sementes Forrageiras

Aveia é uma das espécies que podem ser cultivadas pelos produtores que aderem ao programa
Aveia é uma das espécies que podem ser cultivadas pelos produtores que aderem ao programa

PROGRAMA SEMENTES FORRAGEIRAS 2023 2024 Manual Operativo (.doc 266,50 KBytes)

Modelo Ofício Manifestação de Interesse Forrageiras 2023 2024 (.doc 127,00 KBytes)

O Programa de Sementes Forrageiras é uma ação do Programa Leite Gaúcho e Pecuária Familiar e tem como objetivo fomentar a aquisição de sementes forrageiras a serem utilizadas na formação de pastagens de inverno e verão destinadas à alimentação dos rebanhos de leite e corte nos estabelecimentos de base familiar.

O programa é operacionalizado anualmente, beneficia mais de 10 mil agricultores familiares, em sua maioria produtores de leite que têm a base da alimentação do seu rebanho sobre pastagens. São cultivas aproximadamente 30 mil hectares de espécies como azevém, aveia preta, aveia branca, trigo duplo propósito, ervilhaca e capim sudão.

Desde 2021, o programa tem iniciado suas etapas já no ano anterior a sua efetiva operacionalização. Com o recebimento das manifestações de interesse das entidades ainda em dezembro, é possível iniciar as tramitações administrativas para operacionalização de um cronograma mais ajustado à realidade dos agricultores.

A execução do programa em calendário antecipado possibilita que os agricultores adquiram as sementes em período mais adequado, quando o comércio tem boa disponibilidade e valor mais baixo, fator esse muito importante pois o mercado de sementes forrageiras apresenta grande variação de preço à medida que se aproxima a época de cultivo. O agricultor, de posse da semente, tem a oportunidade de semeadura na primeira janela de cultivo com condições climáticas favoráveis. O cultivo de forrageiras no cedo possibilita que se tenha, de forma antecipada, as pastagens de inverno reduzindo a escassez de alimento no vazio forrageiro de outono e proporcionando um bom estabelecimento da cultura que é fundamental para a produção de forragem nesse período de outono/inverno/primavera.

 

Secretaria de Desenvolvimento Rural